Planejamento tributário: 7 benefícios incríveis para sua empresa

Dentro do que a legislação permite, toda empresa pode contar com estratégias e ações para pagar menos tributos — é o planejamento tributário. O negócio pode, por exemplo, estudar a troca de regime, analisar interpretações da aplicação dos impostos e avaliar deduções.

Esse planejamento deve começar logo na abertura da empresa. Porém, caso isso não seja feito, o momento de aplicá-lo é sempre o mais rápido possível. Depois, deve ser mantido e revisto frequentemente, até porque não beneficia o negócio apenas com a redução de custos em tributos. Ele também melhora o funcionamento da empresa em procedimentos fiscais e tributários e até na gestão.

Quer entender como? Conheça agora 7 benefícios de planejar os tributos e entenda por que eles existem.

1. Evita problemas com a fiscalização

A empresa que tem os tributos bem planejados não deixa de apurar corretamente os impostos e pagá-los dentro dos prazos. Então, não arca com multas e juros e assegura a manutenção de suas Certidões Negativas de Débitos (CNDs), emitidas pelos órgãos públicos.

Além disso, o planejamento tributário, como abrange totalmente o regime da empresa, garante o cumprimento das obrigações acessórias — declarações e transmissões — em dia e corretamente. E vale lembrar que descumprir tais obrigações rendem penalizações mais caras do que aquelas geradas quando se ignora ou atrasa pagamentos de impostos.

2. Aumenta a lucratividade e a competitividade da empresa

Sejam tributos apurados sobre o lucro do negócio ou sobre o faturamento bruto, eles são despesas e entram na precificação dos serviços ou produtos. Porém, se a empresa encontrar uma forma de legal pagar menos impostos pode ao mesmo tempo elevar a lucratividade e reduzir seus preços.

Basta calcular a economia tributária possível e aplicar somente uma parte dela como redução de preços. Assim, o negócio aumenta seu lucro ao mesmo tempo em que torna-se mais competitivo cobrando valores mais baixos.

3. Permite à empresa ter mais recursos para investir

Caso o negócio já tenha preços competitivos ou seus valores não gerem número significativo de objeções nas vendas, pode-se mantê-los mesmo após a geração de economia em impostos. Então, neste caso, o que ocorre é uma elevação da lucratividade ainda maior do que a explicada acima.

Por fim, o negócio pode direcionar todo o lucro adicional às reservas de capital, para investir em melhorias nos serviços, produtos e procedimentos ou na expansão da empresa.

4. Qualifica a gestão financeira

A previsibilidade que o planejamento tributário dá às apurações de impostos auxilia no controle das contas da empresa.

Por exemplo, o plano orçamentário e a projeção do fluxo de caixa, que consideram os impostos, tornam-se ferramentas mais exatas. Consequentemente, passam a ser mais confiáveis para o responsável utilizá-las para avaliar as finanças e tomar decisões.

5. Possibilita recuperar pagamentos indevidos

A legislação assegura o direito da recuperação de impostos às empresas que no passado pagaram tributos que não precisavam ou em valor maior do que seria devido. Portanto, caso o planejamento tributário não seja prática mantida desde o início do empreendimento, o primeiro passo pode ser rever o que ocorreu anteriormente no momento em ele for iniciado.

Assim, se qualquer pagamento for constatado como indevido, a empresa pode solicitar sua recuperação. Em geral, o que ocorre é o recebimento de crédito tributário para compensação de imposto que será apurado à frente, e não a devolução do dinheiro. Mas o resultado é o mesmo, pois deixa-se de gastar ou economiza-se para cumprir as obrigações do presente ou do futuro próximo.

6. Permite reduzir a burocracia das obrigações

Como dissemos no início do post, as empresas podem mudar de regime tributário. Os requisitos para isso são que a alteração seja feita no mês de janeiro e que a empresa não esteja impedida de realizar a troca por alguma característica sua, como faturamento anual ou atividades desenvolvidas.

Quando — observando os critérios — existe a possibilidade, a empresa pode diminuir a quantidade de declarações a entregar e controles legais a fazer.

É o que ocorre quando um empreendimento sai do Lucro Presumido para o Simples Nacional. Neste caso, reduz-se a entrega de declarações ligadas a impostos e contribuições pela metade. Além disso, a apuração dos impostos fica simplificada, sendo feita apenas uma vez por mês e em cálculo direto.

7. Reduz custos nas compras de materiais ou mercadoria

Seja para aplicar em prestação de serviços ou para vender, a maioria das empresas tem de adquirir produtos. Porém, as aquisições compreendem mais do que os valores cobrados pelos fornecedores.

Por exemplo, se a compra for de uma empresa de outro estado, é preciso pagar diferença de alíquota de ICMS entre regiões: despesa adicional na compra. Então, isso pode servir para que se reavalie a aquisição e se tome a decisão por outro fornecedor de dentro do estado.

Também, se a empresa não for do Simples e tiver possibilidade de aproveitar créditos de ICMS, o frete da mercadoria pode gerar vantagem. Apesar de o custo de transporte não poder ser eliminado, o responsável pode escolher receber a carga pela modalidade de frete CIF, quando o destinatário se responsabiliza pelo transporte.

Neste caso, o negócio pode escriturar a despesa do frete na escrita fiscal. E, portanto, consegue usar créditos de ICMS por esse pagamento para reduzir seu ICMS a pagar posteriormente.

Percebeu as oportunidades que uma empresa tem para se beneficiar, até mesmo em situações que não envolvem a geração de faturamento? Elas são muitas, mas só podem ser aproveitadas quando o negócio investe tempo para fazer um plano e segui-lo.

Também, para que as ações tenham bons resultados e sempre indiquem o melhor para o negócio, a empresa tem de contar com a expertise de um escritório de contabilidade na tarefa.

Certamente, o planejamento tributário é um assunto muito importante para qualquer negócio que queira se estruturar e ter resultados cada vez melhores. Porém, não é o único e nós continuaremos a ajudá-lo com cada um deles. Então, siga-nos nas redes sociais para companhar as atualizações. Estamos no Twitter, no Facebook e no LinkedIn.

3 comentários sobre “Planejamento tributário: 7 benefícios incríveis para sua empresa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *