gestão orientada para resultados

Como aplicar a gestão orientada para resultados na startup

Administrar uma empresa depende de práticas já bem conhecidas, como gerenciar as pessoas, criar métodos de trabalho e estabelecer objetivos. Todas essas ações fazem parte do que atualmente se chama de gestão tradicional, que em muitas startups já foi trocada pelo modelo de gestão orientada para resultados. Em suma, esse conceito é como um aperfeiçoamento da forma Leia mais sobreComo aplicar a gestão orientada para resultados na startup[…]

métricas para e-commerce

Métricas para e-commerce: as principais que você precisa acompanhar

O volume de acessos, de vendas e de faturamento de uma loja virtual são os números mais comuns e que todos comerciantes da internet acompanham, mas existe uma série de outras métricas de e-commerce que precisam ser medidas e acompanhadas de perto. Elas dizem respeito tanto às operações de venda e entrega quanto à manutenção Leia mais sobreMétricas para e-commerce: as principais que você precisa acompanhar[…]

como proteger uma ideia

Como proteger a ideia da minha startup

O universo das startups é um boom diário de ideias diversificas e inovadoras, voltadas aos mais variados mercados de atuação. E dentro dele uma das maiores preocupações de idealizadores é como proteger uma ideia, possivelmente muito rentável, para que o nascedouro de um negócio de sucesso não seja perdido ou tomado. Existem leis que protegem Leia mais sobreComo proteger a ideia da minha startup[…]

due diligence

Due Diligence em startups: tudo sobre a prévia para investimentos

Como uma espécie de auditoria geral e profunda, Due Diligence significa diligência prévia. Essa inspeção tem como finalidade concluir qual é a situação do negócio em relação a estratégia, às suas finanças e a critérios legais, como o contábil, o fiscal, o tributário, o previdenciário, o trabalhista e de registros. Porém, dependendo do caso, a Leia mais sobreDue Diligence em startups: tudo sobre a prévia para investimentos[…]

adequar a startup ao esocial

Como adequar sua startup ao eSocial

O eSocial é uma obrigação acessória que muda completamente a forma como funcionam os processos relacionados às relações trabalhistas das empresas, e é obrigatória para negócios de todos os portes — inclusive optantes pelo Simples Nacional. Portanto, você precisa adequar sua startup ao eSocial, caso contrário pode ser penalizado com pesadas multas. Além de mudanças em procedimentos Leia mais sobreComo adequar sua startup ao eSocial[…]

tributação de startups SaaS

Tributação de startup SaaS: a licença de uso é produto ou serviço?

A startup é SaaS apenas licencia seus usuários para utilização do sistema que criou. Nisso, os clientes não são donos da ferramenta, mas sim usuários dela e, normalmente, podem a qualquer momento decidirem pelo desuso e por deixarem de pagar as mensalidades. Portanto, vale o significado de Software as a Service, pois a disponibilização do software Leia mais sobreTributação de startup SaaS: a licença de uso é produto ou serviço?[…]

onboarding de novos funcionários

Como fazer o onboarding de novos funcionários na startup

É grande o número de startups que iniciam sem colaboradores, mas como o passar do tempo, e com o crescimento, é inevitável que uma equipe precise ser formada e gradualmente expandida. Então, surge a importância de criar um processo de onboarding para novos funcionários, visando que toda pessoa que passe a integrar o negócio atenda Leia mais sobreComo fazer o onboarding de novos funcionários na startup[…]

contrato de vesting

Contrato de vesting: o que é e quais são os principais pontos

Um contrato de vesting é um acordo oficializado entre uma startup e algum funcionário-chave que prevê ganho de participação para esse colaborador após algum tempo. Pelo vesting, o negócio não precisa colocar o funcionário no seu quadro societário, apenas adicionar à sua remuneração o valor que representa a participação percentualmente acordada, sobre a qual incidem encargos trabalhistas por Leia mais sobreContrato de vesting: o que é e quais são os principais pontos[…]

automação financeira

Por que e como investir em automação financeira na sua startup

As startups precisam planejar muitos procedimentos financeiros diariamente para pagar contas, emitir cobranças, reconhecer recebimentos e concluir outras atividades do setor. Com a automação financeira, todas essas e outras tarefas deixam de ser feitas manualmente e a empresa passa a evitar erros humanos passíveis de ocorrerem na lida com muitos números. Em suma, ferramentas inteligentes passam a Leia mais sobrePor que e como investir em automação financeira na sua startup[…]

engenheiro em regime PJ

Engenheiro contratado em regime PJ: o que você precisa saber

Para cortar custos com profissionais contratados sobre o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), muitas empresas preferem contar com engenheiros em regime PJ, que possuem CNPJ e atuam como prestadores de serviços. Dessa maneira, os contratantes evitam alguns custos e responsabilidades, como Fundo de Garantia (FGTS). Para os profissionais contratados é uma oportunidade de empreender, podendo Leia mais sobreEngenheiro contratado em regime PJ: o que você precisa saber[…]