6 de Fevereiro de 2015

Para sua Empresa

Contabilidade Online, Integrada ao Financeiro ou Tradicional

Quero abrir uma empresa

O seu departamento financeiro profissional

Tipos de investimentos para startups: qual é o ideal para a minha?

by ContabNET | 21 de Fevereiro de 2018 | Startups
Seja para tirar a ideia do papel, acelerar o...
Leia mais

Aceleradora de startups ou incubadora de empresas: qual escolher?

by ContabNET | 16 de Fevereiro de 2018 | Startups
Você que tem startup já deve ter escutado falar em aceleradoras...
Leia mais

Como fazer sua startup ser um negócio escalável

by ContabNET | 5 de Fevereiro de 2018 | Startups
Toda startup busca crescer constantemente mantendo a eficiência e...
Leia mais

Como atrair um investidor-anjo para sua startup

by ContabNET | 29 de Janeiro de 2018 | Startups
O universo das startups é repleto de histórias de...
Leia mais

Quais são os serviços prestados por um escritório contábil?

by ContabNET | 29 de novembro de 2017 | Para sua Empresa
Os serviços de um escritório contábil são fundamentais para...
Leia mais

Como registrar um funcionário — O passo a passo completo

by ContabNET | 17 de novembro de 2017 | Para sua Empresa
Quem está começando a empreender ou já operando e...
Leia mais

Quanto custa demitir um funcionário? Saiba agora!

by ContabNET | 13 de novembro de 2017 | Para sua Empresa
Uma das principais questões que surgem quando a empresa...
Leia mais

Pró-labore e retirada de lucro: entenda as diferenças

by ContabNET | 3 de novembro de 2017 | Para sua Empresa
O dono de empresa, como qualquer um de seus...
Leia mais

Como passar a empresa de MEI para ME e quando fazer isso

by ContabNET | 24 de outubro de 2017 | Para sua Empresa
Grande parte das empresas brasileiras é do porte Microempreendedor...
Leia mais

Simples Nacional 2018: entenda todas as mudanças

by ContabNET | 19 de outubro de 2017 | Notícias, Para sua Empresa
Vem aí o Simples Nacional 2018, oferecendo vantagens diversas...
Leia mais

17 thoughts on “Simples Nacional 2018: entenda todas as mudanças

  • Boa tarde!
    Gostaria de saber qual a fonte da informação sobre a inclusão das Cooperativas no Simples Nacional? Já procurei diversas lugares sobre essa alteração e não há nenhuma noticia ou tão pouco um base legal que respalde essa informação. Se voçês puderem me informar, iria ficar agradecido!

  • Minha empresa odontologica está pelo regime apuração por competência. Ao calcular o imposto em janeiro de 2018, seleciono o novo anexo que sem enquadra a empresa ou no anexo 6 ?

      • Escritório de contabilidade pelo que li não sendo enquadrada pra recolhimento em alíquota fixa ISS ele não esta sujeito ao fator r? esta correta o meu entendimento.

        se alguém puder me ajudar respondendo no meu email agradeço.

    • Sim! Dê uma olhada na pergunta 7.11 do Perguntas e Respostas do Simples Nacional.

      “A partir de 2018, as ME e as EPP optantes pelo Simples Nacional que obtiverem receitas decorrentes da prestação de serviços previstos no inciso V do § 1º do art. 25-A da Resolução CGSN nº 94, de 2011 (serviços sujeitos ao fator r), devem calcular a razão (r) entre a folha de salários, incluídos encargos, nos 12 meses anteriores ao período de apuração (FS12) e a receita bruta acumulada nos 12 meses anteriores ao período de apuração (RBT12), para definir em que Anexo elas serão tributadas:

      quando o fator “r” for igual ou superior a 0,28, serão tributadas pelo Anexo III;
      quando o fator “r” for inferior a 0,28, serão tributadas pelo Anexo V.

      O valor do FS12 inclui:

      as seguintes remunerações pagas e informadas em GFIP:
      – remunerações pagas a segurados empregados e trabalhadores avulsos;

      – remunerações pagas a segurados contribuintes individuais (pró-labore e pagamentos a “autônomos”);

      – o valor do 13º salário, agregado na competência da incidência da contribuição previdenciária;

      a título de encargos, o montante efetivamente recolhido:
      – de Contribuição Patronal Previdenciária (inclusive a recolhida dentro do Simples Nacional); e
      – para o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço – FGTS.”

  • Boa tarde, tenho uma empresa de consultoria que até 2017 estava no Lucro Presumido, agora optando pelo Simples, será considerado o faturamento do ano anterior para cálculo da alíquota, mesmo que neste ano ela estava no Lucro Presumido? Pelas atividades minha empresa se enquadra nos anexo III e V, como ela não teve Folha de pagamento em 2017, sendo assim os serviços enquadrados no anexo III serão calculados pelas alíquotas do anexo V? Obrigada.

    • para fins de enquadramento nos anexos do Simples Nacional, você pega o faturamento dos últimos 12 meses anteriores aos do PA, independentemente do regime tributário da empresa. Sobre o enquadramento, caso a folha de salários seja inferior a 28% do faturamento, o imposto será calculado no anexo V.

  • Olá
    Em caso de abertura da empresa no ano de 2018, ano da opção pelo simples nacional como faço para calcular o fator r se não tenho a folha de pagamento dos 12 meses e a receita bruta . Obrigada

  • Bom Dia!

    Como calculo o simples nacional 2018 para uma empresa em inicio de atividade?
    Ou seja, a empresa foi constituída em janeiro/2018 e já faturou.
    Como faço para calcular o valor do simples a pagar?

  • Olá,

    Como funcionará uma empresa de arquitetura, sabendo-se que ela irá abrir no mês de março? Não existirá dados para calcular o fator r, sendo assim poderei tributar o primeiro mês conforme alíquota do anexo III ou terei que calcular conforme alíquota do anexo V?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *